Leitura na versão Bíblia Viva - Português

http://biblia.email/pviva/Levítico/23

Levítico 23 Compartilhar

1
DISSE O SENHOR a Moisés:
2
"Diga ao povo de Israel: "Façam algumas festas do Senhor, todo os anos. Para essas festas, a assembléia do povo será convocada. E o povo prestará culto a Mim.
3
"Isto, além do santo descanso. O sétimo dia de todas as semanas é dia de respeitoso descanso em todas as casas. Nesse dia a assembléia do povo prestará culto a Deus. E ninguém fará os trabalhos costumeiros dos outros dias.
4
"São estas as festas santas anuais, ordenadas pelo Senhor, cada uma no tempo certo:
5
A Páscoa do Senhor: Deve ser feita na tarde do dia catorze do primeiro mês do calendário hebraico.
6-8
A Festa dos Pães Sem Fermento: No dia seguinte ao dia da Páscoa. Durante sete dias vocês comerão pães sem fermento. No primeiro e no último dia da festa, o povo se reunirá para o culto, e ninguém fará os trabalhos que pertençam as obrigações normais dos outros dias. Em cada um dos sete dias da festa, vocês oferecerão sacrifícios queimados ao Senhor.
9-14
A Festa dos Primeiros Frutos: É para quando chegarem na terra que darei a Israel, e fizerem as colheitas. Trarão um feixe da primeira colheita ao sacerdote. Um dia depois do descanso semanal, o sacerdote apresentará a oferta ao Senhor, fazendo os movimentos solenes apropriados, para que vocês sejam aceitos. No mesmo dia do movimento da oferta, deverá ser oferecido um cordeiro sem defeito físico, como oferta queimada ao Senhor. Além disso, será feita uma oferta de cereais. Para esta oferta é preciso trazer dez litros de farinha fresca de boa qualidade, preparada com azeite de oliveira. É para oferta queimada ao Senhor, que Ele aceita com prazer. É preciso oferecer também uma bebida. Um litro de vinho é suficiente. Enquanto não for trazida a oferta, não comam nada daquela colheita. Nem cereais verdes ou torrados, nem pão. Esta lei tem valor permanente para todas as casas do país.
15-16
A Festa do Pentecoste: Cinqüenta dias depois, tragam ao Senhor nova oferta de cereais, das últimas colheitas. Será então no dia seguinte ao sétimo dia de descanso semanal, passadas sete semanas completas, a contar do dia da oferta movida, na Festa dos Primeiros Frutos.
17
"Cada família trará de casa dois pães, para serem solenemente movidos diante do Senhor. Estes pães serão feitos com dez litros de farinha fresca da melhor qualidade. Levarão fermento. É oferta feita ao Senhor, lembrando ainda os primeiros frutos.
18
"Junto com o pão e o vinho, oferecerão sete cordeiros sem defeito físico, de um ano de idade, um novilho e dois carneiros. Serão apresentados como oferta queimada ao Senhor. É a oferta que o Senhor aceita com grande prazer.
19
"Além disso, oferecerão um bode como oferta pelo pecado, e dois carneiros de um ano de idade como oferta de gratidão.
20
"Os sacerdotes moverão estas ofertas diante do Senhor, junto com os pães que representam os primeiros frutos das colheitas. São coisas santas - consagradas ao Senhor - e serão dadas aos sacerdotes para alimentação deles.
21
"Aquele dia será anunciado como um dia de santa convocação de todo o povo. Ninguém trabalhará nesse dia. Esta lei é permanente. Deverá ser obedecida por todas as famílias de geração em geração.
22
"Lembrem. Quando fizerem colheita, não colham os produtos que estiverem nos cantos dos terrenos cultivados. E as espigas que caírem, terão de ser deixadas no chão. São para os pobres e para os estrangeiros que estejam nas terras de Israel, e que não têm propriedades. Eu sou o Senhor, o Deus de Israel.
23
O Senhor continuou dando instruções a Moisés sobre as festas anuais:
24-25
"A Festa das Trombetas: Será realizada no primeiro dia do sétimo mês. Nesse dia o povo terá respeitoso descanso. Mas é dia de comemoração de fatos passados. O povo se reunirá para cultuar a Deus. A festa será feita ao som de trombetas. Ninguém trabalhará nas obrigações costumeiras dos outros dias. Mas é preciso apresentar ofertas queimadas ao Senhor."
26
O Senhor falou a Moisés da seguinte festa solene:
27
"O Dia da Expiação. É o dia dez do sétimo mês. Isto é, nove dias depois da Festa das Trombetas. O povo terá santa assembléia diante do Senhor. Pensará com tristeza nos pecados cometidos e apresentará oferta queimada ao Senhor.
28
"Nesse dia ninguém trabalhará. É dia especial para fazer expiação, para apagar os pecados do povo, diante do Senhor, o Deus de Israel.
29
"Quem não passar esse dia em arrependimento e tristeza pelo pecado, será expulso do povo.
30-31
"E será morto aquele que fizer algum trabalho nesse dia. Esta lei é permanente em todos os lares e através de todas as gerações de Israel.
32
"Pois esse dia é dia de respeitoso descanso. Nele vocês terão de humilhar as suas almas. É o Dia da Expiação. O santo descanso começa na tarde do dia anterior e vai até a tarde do dia seguinte."
33-34
O Senhor mandou Moisés falar ao povo sobre outra festa: HA Festa das Tendas. É no dia quinze do sétimo mês hebraico. Quer dizer que a festa é realizada cinco dias depois do Dia da Expiação - no último dia de setembro. A Festa das Tendas deve durar sete dias.
35
"No primeiro dia, o povo se reunirá em assembléia sagrada. Ninguém trabalhara nesse dia.
36
"Em cada um dos sete dias, serão apresentadas ofertas queimadas ao Senhor. No oitavo dia será realizada outra assembléia santa, com o oferecimento de sacrifícios queimados ao Senhor. É dia de reunião solene. Fica proibido todo trabalho.
37
"São estas, pois, as festas do Senhor. Festas que devem ser realizadas regularmente, todos os anos. São ocasiões de santo descanso, em que o povo é convocado para assembléia sagrada, para apresentar ao Senhor ofertas queimadas. As ofertas são de cereais, de animais sacrificados e de bebidas. Cada coisa no tempo certo.
38-39
"Todas estas realizações serão feitas além dos dias de descanso semanal. E os sacrifícios oferecidos naquelas festas serão feitos além das ofertas normais feitas nos outros dias, tanto as ofertas de livre vontade como as que são feitas para cumprir promessas ou em obediência à Lei. "No dia quinze do sétimo mês, ao terminar a colheita, vocês começarão os sete dias de festa. E tanto no primeiro dia como no oitavo, terão santo descanso.
40
"No primeiro dia da festa, peguem galhos carregados de frutas, folhas de palmeiras, galhos de árvores de muita folhagem e ramos de chorão. Façam tendas com os galhos e passem sete dias cheios de alegria na presença do Senhor.
41
"Esta festa anual de sete dias é obrigatória para todas as gerações. Por lei será celebrada no sétimo mês.
42-43
"Durante aqueles sete dias, todos os que tiverem nascido nas terras de Israel terão de morar em tendas. Para que nunca esqueçam, de geração em geração, que Eu fiz os israelitas viverem em tendas. Isso depois que forem libertos do Egito por mim. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês."
44
Assim Moisés anunciou ao povo as festas anuais do Senhor.
Publicidade
Leitura na versão Bíblia Viva - Português
Livro
Capítulo
Versículo*
Comparar versões
Corrigida Fiel - Português
Nova Versão Internacional - Português
Revisada - Português
Novo testamento Versão Palavra Viva/Velho testamento Bíblia Viva - Português
VTD - Dinamarques
Martin Lutero - Alemão
Rayana Valera - Espanhol
Louis Segond - Francês
Bible American Standard - Inglês
Bible In Basic English - Inglês
Bible King James Version - Inglês
LND - Italiano
Dicas

* Exemplos:
1
1.3.6.20
1-5
1.3-5
3-6.10

Bíblias/Bibles
Participe da nossa comunidade
Facebook
Twitter
Google plus
Publicidade